Podemos dirigir ou carregar um veículo elétrico na chuva?




A mudança para abandonar os combustíveis fósseis em favor de uma fonte de energia mais sustentável em nossos carros está sendo contida por algumas crenças bastante estranhas - aqui estão algumas das piores:


  • Carros elétricos não devem ser usados durante fortes chuvas?

  • Preciso verificar a previsão do tempo antes de carregar?

  • Posso colocar um carro elétrico em um lava rápido?

  • É seguro carregar meu carro elétrico na chuva?


Todos sabemos que há muita desinformação sobre veículos elétricos por aí, mas isso é ridículo.

Há muita desinformação flutuando sobre os perigos apresentados pelos carros elétricos.

Uma pessoa em cada oito (12%) acha que carros elétricos não podem ser dirigidos na chuva.


Já li inclusive artigos que sugeriam que as equipes de bombeiros e de resgate, enfrentam sérias chances de serem eletrocutadas se cortarem os fios de um carro elétrico, ou que podem ser eletrocutados apenas ao tocarem em um carro se ele estiver parcial ou totalmente submerso na água. Esses artigos estão exagerando absurdamente.

Não há um único registro de um socorrista ser eletrocutado ao retirar alguém de um veículo elétrico ou híbrido acidentado - submerso ou não.


Isso nos leva a responder à dúvida de muitos sobre saber se uma grande chuva, ou mesmo uma enorme poça poderia interagir com as baterias ou o sistema elétrico do veículo e causar um choque elétrico ao motorista de um VE - certamente ninguém projetaria um carro que pudesse eletrocutar as pessoas aleatoriamente se ele fosse conduzido chuva, não é?


Veículos elétricos usam baterias grandes e poderosas para alimentar motores elétricos. Essas baterias geram voltagens muito mais altas do que as baterias de 12 volts na maioria dos carros.

Se alguém tocasse os cabos de energia ou um curto-circuito desviasse a energia de uma pessoa, o nível de tensão seria definitivamente alto o suficiente para ser letal.

Mecânicos de automóveis e equipes de resgate precisam estar cientes dos riscos e tomar as devidas precauções de segurança; no entanto, isso não significa que veículos elétricos sejam mais perigosos que veículos movidos a combustíveis. Eles são apenas perigosos de uma maneira diferente.

Se for rompido, um tanque cheio de gasolina adiciona muito perigo a uma situação de resgate, assim como uma bateria rompida ou uma linha de energia exposta apresenta um risco. A maioria dos carros elétricos possuem extensos sistemas de segurança que desligam automaticamente a energia e isolam as baterias quando detectam uma colisão ou um curto-circuito. Os disjuntores, geralmente localizados em um compartimento sob o capô, disparam e desconectam o fluxo de energia no caso de um surto elétrico ou um curto-circuito. Se um carro está submerso em água e parte dessa água entra no sistema elétrico, os disjuntores desligam. Mesmo simplesmente desligar o carro interrompe o fluxo de energia das baterias para o motor, para que os cabos de alta tensão que os conectam fiquem sem energia. Para segurança extra, os cabos de alta voltagem são coloridos em laranja - um indicador visual para evitar o contato.


Há um perigo que você não pode esperar da mistura de água e carros elétricos. Se a água entrar em contato com o níquel, hidreto de metal nas células da bateria, a reação química resultante forma hidrogênio. Se acumular hidrogênio suficiente, isso pode causar desorientação e tontura, além de causar uma explosão. Este é realmente apenas um problema para as equipes de resgate que precisam lidar com baterias rompidas, e podem lidar com isso facilmente ventilando adequadamente o local.

Portanto, agora sabemos que os carros elétricos são seguros em uma situação de emergência se forem tomadas algumas precauções básicas.


Mas você poderia ficar eletrocutado ou causar danos aos componentes elétricos simplesmente dirigindo por uma poça grande, ou enfrentando uma grande tempestade? Simplificando, a resposta é não. Os carros elétricos são extensivamente testados por seus fabricantes e, antes de serem vendidos, passam por um teste de imersão. Até os carregadores são à prova de intempéries - com todos os pontos de carregamento passando por rigorosos testes de segurança antes de serem instalados.


Para entender por que a água não incomoda as baterias ou o motor de um carro elétrico, primeiro considere o fato de que todos os carros que você já dirigiu tiveram um sistema elétrico. Ele operava em voltagens muito mais baixas, usava um tipo diferente de bateria e servia a uma finalidade diferente do sistema em um carro híbrido, mas o princípio é o mesmo. Todos os carros têm baterias e sistemas elétricos, mas não causam curto-circuito nem eletrocutam ninguém na chuva. Mesmo se você derramar água nos terminais da bateria, isso geralmente causa corrosão, e não um efeito catastrófico imediato. De fato, em vários modelos, principalmente em alguns veículos da Chrysler, a bateria de 12 volts é montada atrás do pneu dianteiro, próximo ao fundo do carro, onde é frequentemente exposta à água e a outros detritos da estrada.


As baterias de elétricos são um pouco diferentes. Eles são maiores, têm mais células e contêm hidreto de níquel-metal em vez de ácido-chumbo. Algumas baterias são fabricadas usando a tecnologia de íons de lítio; no entanto, baterias de íon-lítio ainda não são muito comuns em carros.


Em alguns modelos, a bateria é montada perto da parte inferior do carro.

O que acontece então?

Eles tem uma bateria envolvida em uma carcaça, composta por um envelopamento em isolante plástico e envolto por um resistente box de metal e selada termicamente. O invólucro é eletricamente isolado da corrente que flui das baterias

As baterias de hidreto de níquel-metal usadas nos VEs atuais são células seladas sem manutenção, para que nada entre ou saia. Sob condições normais de operação, é praticamente impossível que a água entre em contato com as próprias baterias. As linhas de alta tensão que transportam a corrente são igualmente protegidas e isoladas.


E quanto a deixar um carro elétrico em um lava rápido?




Quase uma pessoa em cada cinco (18%) acha que você não pode colocar um carro elétrico em um lava-rápido.

É claro que você pode - é tão seguro conduzir um carro elétrico através de uma lavagem de carro quanto é um carro normal.


É seguro carregar seu carro elétrico na chuva?




Quando se trata da segurança de carros e caminhões elétricos, uma das perguntas mais comuns é se o mau tempo torna inseguro recarregar um veículo elétrico.


Não se preocupe, estações de recarga são construídos para lidar com o mau tempo.

Para responder a essa pergunta de uma vez por todas, conversamos com Jonathon Ratliff, gerente sênior da Nissan North America para desenvolvimento de tecnologia de emissão zero. Baseado no centro de tecnologia da Nissan em Farmington Hills, Michigan, Ratliff dedica-se a veículos de emissão zero desde que assumiu sua função. Com o hatchback Leaf, a própria Nissan foi uma das primeiras montadoras a trazer um veículo elétrico convencional e acessível para o mercado.


Ok, então é seguro recarregar seu EV ao ar livre quando está chovendo?


Jonathon Ratliff diz que esta é uma pergunta que ele ouviu "muitas e muitas vezes" enquanto passa anos trabalhando em veículos de emissão zero. "Absolutamente, é seguro carregar seu veículo elétrico em praticamente qualquer condição climática", diz ele com naturalidade. Isso ocorre porque os veículos elétricos são projetados propositadamente para resistir à invasão de chuva e água, sem mencionar partículas de poeira traquinas que podem causar estragos em um sistema elétrico.

Atualmente todos os VEs contruídos e homologados dentro da classificação IP de 67.

Esse sistema numérico é conhecido como Classificação de proteção do ingresso e é aplicado a um grande número de itens usados ​​na vida diária. Isso pode incluir o smartphone no bolso, embarcações, tomadas na parede, utensílios de cozinha e, sim, até o carro elétrico estacionado em sua garagem.

O primeiro dos dois números refere-se a pequenos objetos estranhos, como partículas de poeira ou sujeira. O segundo número (o 7 na classificação IP 67) refere-se à proteção contra água e líquidos. A escala de classificação se estende de 1 a 6 para proteção contra objetos sólidos / poeira, sendo 6 a melhor proteção. Em termos de líquidos, a escala varia de 1 a 8, novamente com o número mais alto igual à melhor proteção. Então, o que diabos é mais alto que um carro elétrico quando se trata de invasão de água?

Uma classificação IP de 8 para intrusão de água é reservada para itens altamente especializados.

A classificação IP 67 é equivalente "a submergir qualquer componente de um VE em água a 1 metro por 30 minutos ... isso se aplica a componentes elétricos. Isso significa que a bateria e os motores elétricos são construídos para suportar esse nível de tempo e profundidade de submersão. Em outras palavras, a classificação excede o que você encontraria ao conectar seu VE a uma estação de carregamento na chuva.


Resumidamente, qualquer veículos seja a combustão ou elétrico tem em seu projeto salvaguardas adequadas ao seu uso normal, seja durante chuva, seja durante lavagem, seja durante abastecimento.



#veiculoeletrico #chuva #carregamento #tempestade #carroeletrico #eletricos




12 visualizações

Web-Electrics   -   CNPJ 07.366.218/0001-03

Rua Haddock Lobo, 1327 - 3 andar - Jd. Paulista - São Paulo - SP

Whats: +55 11 98122 56 52

©2019 por Web-Eletrics. Orgulhosamente criado com Wix.com